Sindicato Nacional da Indústria de
Trefilação e Laminação de Metais Ferrosos

Filiado a FIESP

Tera-feira, 19 de Setembro de 2017






Associe-se!
Clique aqui e conheça as vantagens

Empresas pedem tributação simples

Empresários reclamaram, ontem, ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, sobre a complexidade tributária no País e pediram uma simplificação dos impostos.

Segundo o consultor de gestão Vicente Falconi, um dos empresários presentes no encontro exemplificou ao ministro que somente este tem 29 mil taxas de Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). “Cada estado tem uma taxa para cada produto diferente. Tem que ter um quadro enorme de pessoal para cuidar disso tudo”, disse Falconi.

“Não houve nenhum pedido de diminuição de imposto porque a gente sabe que isso é impossível. O que a gente deseja é: mantenha-se o nível de impostos, mas simplifique-se”, acrescentou.

De acordo com Falconi, outro tema tratado na reunião com o ministro foi o projeto que define teto para as despesas federais. “O teto vai viabilizar a reforma fiscal, que é o que o Brasil precisa.”

Por meio de nota enviada à imprensa, Meirelles comemorou a aprovação pelos deputados do texto-base do projeto que define a renegociação das dívidas dos estados com a União, com o estabelecimento de um teto para o crescimento das despesas desses entes. “É o primeiro passo concreto do ajuste estrutural das despesas públicas em décadas”, disse.

Contudo, questionado pela imprensa, o ministro negou que a equipe econômica esteja perdendo força no governo com essa aprovação. E voltou a minimizar a retirada pelos parlamentares do dispositivo que proibia aos governos estaduais concederem reajustes de salários aos servidores pelos próximos dois anos. Para ele, é natural que o Congresso discuta e altere pontos dos projetos enviados pelo Poder Executivo.

Mais tarde, para parlamentares, Meirelles afirmou que a confiança dos agentes econômicos na atividade “começa a crescer e forte”. E disse que é importante trabalhar duro para evitar a elevação de tributos, porque, segundo ele, a população não gosta do tema.

DCI – 11/08/2016

Redação On agosto - 11 - 2016
  • Central de atendimento
  • Telefone: (11) 3285-3522 / e-mail: sicetel@sicetel.com.br
Associe-se!
        Clique aqui
Cadastre seu e-mail e receba periodicamente notícias do SICETEL.